Skip to content

Carnê INSS – Tudo que você precisa saber!





Saiba mais sobre o carnê do INSS, e como realizar as contribuições.

Para quem trabalha por conta própria ou não tem uma renda fixa, é importante pagar o carnê do INSS. Para que dessa forma, o contribuinte possa ter direito aos benefícios como aposentadoria, pensão, salário maternidade, auxílio doença entre outros.

No entanto, mesmo entendendo a importância de pagar as contribuições, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como preencher o carnê de INSS e, até mesmo, como pagar o carnê INSS.

Há também,  muitas pessoas que já começaram a contribuir, mas em função da rotina atribulada do dia a dia, acabam esquecendo e o carnê do INSS  fica em atraso.




Em ambos os casos, tanto aquele que ainda não começou a fazer as contribuições e aquele que está com pagamento atrasado. Acaba perdendo o direito aos benefícios. 

Para ajudar a esclarecer as principais dúvidas relacionados a este assunto, nós desenvolvemos este artigo. Acompanhe os tópicos, que iremos abordar durante esta leitura:

Carnê INSS Online
Carnê INSS Online

Não deixe acompanhar nosso artigo, para ter acesso a este assunto de grande relevância. 

O Que é Um Carnê do INSS?





O carnê do INSS,  ou Guia da Previdência Social, como também é conhecido, é uma forma de pessoas que não tem registro em carteira, ou não são funcionários públicos, fazerem o pagamento das contribuições do diretamente ao INSS. Como, por exemplo: : 

  • Segurados obrigatórios: Devem pagar o carnê do INSS contribuinte individual , ou seja, quem trabalha como autônomo. E também contribuinte individual rural e Microempreendedor Individual (MEI), entre outros.
  • Segurados facultativos: Caso queiram, podem fazer o pagamento carnê INSS facultativo, pessoas com mais de 16 anos que não tenham renda própria como donas de casa, estudantes, síndicos não remunerados. Ou ainda, pagar o  carnê INSS estando desempregado, entre outros.

Onde Conseguir o Carnê do INSS?

É possível comprar  o carnê do INSS, em papelarias. O bloco do carnê do INSS, vem com as folhas em branco, e os campos devem ser preenchidos manualmente e corretamente, a fim de fazer a contribuição de forma adequada. 

Aqui em nosso blog, https://guiadeprevidenciasocial.com.br/ através do telefone 135, ou por meio do site do INSS, você pode acompanhar como preencher o carnê do INSS.

(https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/calculo-da-guia-da-previdencia-social-gps/como-preencher-a-gps/)

Carnê INSS Online

Além do carnê em papel, também é possível ter acesso ao carnê do INSS digital, através do site da Receita Federal (http://sal.receita.fazenda.gov.br/PortalSalInternet/faces/pages/index.xhtml).

Carnê do INSS

Nesse caso, basta selecionar as opções em que você se encaixa, inserir os dados pedidos e imprimir o carnê do INSS como autônomo, ou contribuinte facultativo.  

Como Pagar Este Carnê? É Mensal?

É possível pagar as parcelas do carnê INSS e pagar em qualquer banco de forma mensal ou trimestral, no caso de contribuintes individuais e facultativos. 

data de pagamento do carnê do INSS, é todo dia 15 do mês seguinte, ao que se refere. Ou seja, a contribuição de julho, deve ser paga até o dia 15 de agosto. 

Já para quem é MEI, o pagamento deve ser feito até o dia de 20 do mês posterior. Ou seja, o vencimento do carnê do INSS de julho deve ser pago até o dia de setembro. 

Carnê INSS Desempregado

Como já mencionamos mesmo quem está desempregado pode fazer a contribuição facultativa. Nesse caso, para fazer o pagamento do valor do carnê do INSS, basta escolher um dos planos. 

Plano normal que equivale a 20% do salário mínimo, ou o plano simplificado que equivale a 11% do salário mínimo. Preencher a Guia da Previdência, e realizar o pagamento.  

Carnê do INSS Para MEI, Veja a Importância.

Para quem está registrado como Microempreendedor Individual, é essencial pagar o carnê do INSS MEI, em dia. A partir dele, é possível realizar os serviços da empresa de forma segura e ainda, ter acesso aos benefícios de aposentadoria, salário maternidade e outros. 

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando mais informações aqui no blog → Guia de Previdência Social e veja também o vídeo: