Skip to content

Você Consegue Encontrar Problema de Recálculo GPS?





Saiba como driblar as dificuldades no recálculo da GPS e conheça os problemas comuns de recálculo de GPS.

Sistema DATAPREV constantemente fora do ar, informações muito complicadas e dificuldades para fazer o cálculo correto são alguns dos problemas mais frequentes encontrados por quem tenta fazer o recálculo de GPS pela internet.

Apesar da automatização de todo o sistema do INSS para consulta, cálculo, emissão e pagamento da Guia de Previdência Social (GPS), o trabalhador ainda enfrenta algumas dificuldades básicas para realizar todos os procedimentos de forma correta.




Algumas vezes, podem ser solicitados pelo sistema dados que a pessoa não conhece, tais como CNPJ, CEI, NIT, PIS ou PASEP, dentre outros.

Mas não precisa entrar em desespero!

Todas essas informações estão disponíveis, basta você saber procurar no lugar certo. E isso é uma das coisas que você vai aprender neste artigo.

Além das dificuldades comuns do trabalhador com o sistema, quedas e falhas no próprio sistema também são frequentes e dificultam muito a vida de quem deseja fazer o seu recálculo de guia GPS.

Quanto a isso, nos resta esperar que o sistema se torne mais eficiente, estável e intuitivo do que é hoje.

Mas, em todas as outras dificuldades, nós podemos e vamos te ajudar. Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre o recálculo da GPS.

Recálculo de GPS
Recálculo de GPS

Recálculo de GPS Empresa

São consideradas empresas todas as organizações que exercem atividades econômicas com finalidades lucrativas e possuem CNPJ.




Todas as empresas são contribuintes obrigatórios da Previdência Social.

Na teoria, fazer o recálculo de GPS de empresa é bem simples. Mas, como o sistema é muito instável, na prática nem sempre é tão simples como parece.

Contando com a funcionalidade perfeita do sistema, basta seguir o passo-a-passo abaixo:

  1. Acesse o site: https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/calculo-da-guia-da-previdencia-social-gps/;
  2. Clique em “Calcular Guia / Carnê;
  3. Escolha um dos módulos, de acordo com a natureza da sua atividade;
  4. Coloque o seu número do PIS/PASEP;
  5. Clique em “Confirmar”.


Está pronto o seu recálculo de GPS de empresa!

Recálculo de GPS Individual

É considerado contribuinte individual todo aquele trabalhador que tem renda pelo seu trabalho, mas não é funcionário de nenhuma empresa.



Estão incluídos nessa categoria os profissionais autônomos, sócios e titulares de empresas e até o Microempreendedor Individual (MEI).

Todos esses profissionais devem obrigatoriamente contribuir para a Previdência Social.

O recálculo de GPS individual é feito através do mesmo sistema do recálculo de gps de empresa.

O passo-a-passo é o mesmo daquele descrito no tópico acima, porém no passo 3 você deverá escolher o módulo para Contribuintes Filiados a partir de 29/11/1999, destinado ao contribuinte individual, doméstico, facultativo e do segurado especial.

Depois, insira o número do seu PIS/PASEP, digite o texto do captcha e clique em “Confirmar”.

Pronto, você já fez o seu recálculo de GPS como contribuinte individual.

Recálculo GPS Doméstica

São considerados como empregados ou trabalhadores domésticos todos aqueles que prestam serviços de forma contínua em âmbito residencial de pessoas ou famílias, sem finalidade lucrativa para essas pessoas ou famílias.

Desde 2015, o Sistema de Acréscimos Legais (SAL) conta com a funcionalidade para o recálculo de guia GPS de trabalhadores domésticos.

Além disso, o sistema permite calcular os acréscimos no caso de atraso nos pagamentos.

Se você é patrão, empregado ou empregada doméstica e quer fazer o recálculo da sua Guia de Previdência Social (GPS), basta acessar o SAL seguindo os mesmos passos descritos nos tópicos anteriores até o passo 2.

No passo 3, escolha o módulo para Contribuintes Filiados a partir de 29/11/1999, destinado ao contribuinte individual, doméstico, facultativo e do segurado especial (o mesmo módulo do tópico anterior).

Depois disso, escolha a categoria “doméstico” e coloque o número do PIS/PASEP. Então digite o texto do captcha e clique em “Confirmar”.

Está pronto o seu recálculo de GPS como empregado doméstico!

Recálculo de GPS Autônomo

Trabalhador autônomo é todo aquele profissional que exerce atividade remunerada por conta própria, ou seja, sem vínculo empregatício com nenhuma empresa ou entidade.

O Sistema de Acréscimos Legais (SAL) também oferece a opção de recálculo de GPS para o trabalhador autônomo.

Para quem trabalha por conta própria, é possível recalcular online a guia GPS incluindo os eventuais acréscimos por conta de atrasos no pagamento das contribuições.

Para fazer o recálculo como trabalhador autônomo, o caminho é o mesmo do tópico anterior até o passo 3.

O módulo para trabalhador autônomo é o mesmo daquele para trabalhadores doméstico.

Depois de escolher o módulo, selecione a categoria autônomo e insira o número do seu PIS/PASEP. Por fim, digite o texto do captcha e clique em “Confirmar”.

Com isso, será gerado o seu recálculo de GPS como trabalhador autônomo.

Recálculo de GPS Mei

O Microempreendedor é um pequeno empresário individual cujo faturamento se limita ao máximo de R$81.000,00 por ano.

Além disso, para ser MEI também é preciso que a pessoa não seja sócia, administradora ou titular de nenhuma outra empresa e que suas atividades econômicas estejam previstas no Anexo XI, da Resolução CGSN nº 140, de 2018.

Tal anexo define as atividades que podem ser enquadradas como MEI.

Embora o Microempreendedor Individual (MEI) pertença à mesma categoria dos contribuintes individuais, o pagamento da sua contribuição é feito através da guia DAS-MEI, que deve ser emitida no Portal do Empreendedor.

Além de realizar pagamentos é possível fazer o recálculo do gps incluindo as contribuições atrasadas.

Para isso, siga os passos abaixo:

  1. Acesse o Portal do Empreendedor neste link: http://www.portaldoempreendedor.gov.br
  2. Ao entrar no site, escolha “Já sou MEI – Serviços”.
  3. Depois, clique em “Pague sua Contribuição Mensal”
  4. Escolha a forma de pagamento
  5. Insira o CNPJ e o texto em captcha
  6. Clique em “Continuar”

Após esses passos, você poderá gerar seu boleto de pagamento como Microempreendedor Individual (MEI), incluindo os acréscimos pelos eventuais atrasos.

Recálculo de GPS Individual

Dataprev Recálculo de GPS

Desde 2018, o recálculo de gps é feito através do Portal Meu INSS, desenvolvido pelo Dataprev em parceria com o INSS.

Para entrar no site do Meu INSS, basta acessar este link: https://meu.inss.gov.br

Ao entrar, clique na guia “Cálculo de Guia de Recolhimento”. Você será direcionado para o Sistema de Acréscimos Legais da Receita Federal, o SAL. A partir daí, basta seguir os passos descritos nos tópicos anteriores, de acordo com a natureza da sua atividade.

Está feito o recálculo da sua Guia de Previdência Social (GPS)!

Problemas Comuns de Recálculo de GPS

Dentre os problemas mais comuns encontrados por aqueles que tentam recalcular a sua GPS através dos sites e sistemas oficiais estão a instabilidade do sistema (fica constantemente fora do ar) e o preenchimento errado das informações solicitadas.

Neste artigo você aprendeu passo-a-passo como preencher as guias online para fazer o cálculo correto em cada situação: GPS de empresa, GPS individual, GPS doméstica, GPS autônomo e GPS MEI.

Seja como pessoa física ou pessoa jurídica, agora você já sabe como recalcular sua Guia de Previdência Social (GPS).

Para maiores informações acesse o site → Guia de Previdência Social e assista o vídeo: